Edições Anteriores

  • Vol. 7 (2021)

    No presente ano de 2021, Ano Jacobeu em Santiago de Compostela, a publicação “Ponte de Lima: do passado ao presente, rumo ao futuro” volta a ser temática e, como não poderia deixar de ser, é inteiramente dedicada ao Caminho Português de Santiago. Autores de renome nesta matéria contribuíram com excelentes artigos que nos transmitem conhecimento sobre os itinerários portugueses para Santiago de Compostela, designadamente o Caminho de Torres e o Caminho Português de Santiago em Ponte de Lima, desde a referência à romagem ao túmulo do Apóstolo protagonizada por D. Henrique e D. Teresa, assinalada num documento datado de 1097 em que os Condes Portucalenses protegem os moradores da Villa Corneliana (Correlhã), passando pela constituição da Associação dos Amigos do Caminho de Santiago e, ainda, pelo património associado à tradição milenar do culto jacobino, tão enraizado na nossa cultura. Nos últimos anos, o Caminho tem sido revitalizado e valorizado nas vertentes cultural e turística, o que tem levado a que um crescente número de peregrinos, provenientes do mundo inteiro, passe pelo concelho de Ponte de Lima em direção a Santiago de Compostela. Esperamos que esta publicação seja mais um forte contributo para a promoção deste itinerário cultural europeu, o primeiro a ser reconhecido pelo Conselho da Europa, em 1987.
  • Vol. 6 (2020)

    A publicação Ponte de Lima: do Passado ao Presente, Rumo ao Futuro! surge uma vez mais perante o olhar e a crítica do leitor. Trata-se do sexto número de um projeto editorial do Município, iniciado em finais de 2016 com o intuito de recuperar os estudos sobre temáticas locais, com artigos de interesse diverso e abrangente, mas sempre focados, de uma maneira ou outra, em assuntos respeitantes à história, ao património, a instituições sociais, a fenómenos do quotidiano, às personalidades associadas a esta Terra. Prolonga-se a temática genérica, depois de algumas incursões mais centradas em figuras destacadas da nossa história política e literária, como foram os casos das edições consagradas a António Feijó, ao Cardeal Saraiva e ao General Norton de Matos. O presente volume ajuda a lançar novas luzes sobre diferentes áreas do conhecimento, como a arqueologia, a casa nobre, o legado vitivinícola e o património da memória social, terminando com um apontamento mais centrado nos estudos literários. Este novo volume atesta uma vez mais a consistência de um projeto editorial fortalecido e sedimentado, que o Município acarinha desde a sua génese e pretende prolongar para o futuro, abrindo a possibilidade à publicação de trabalhos a todos os que se interessam pela investigação e divulgação de assuntos que concernem, direta ou indiretamente, à história e vida locais. Tal é o caso dos autores que colaboraram nesta edição, a quem, aproveitando desde já o ensejo, manifestamos o nosso mais profundo agradecimento.
  • Vol. 5 (2019)

    Entramos no terceiro ano de publicação da revista Ponte de Lima: do passado ao presente, rumo ao futuro! que conta já com cinco números. Depois dos três volumes anterio­res terem sido inteiramente dedi­cados a figuras limianas de grande relevo para a história local e na­cional – Cardeal Saraiva, General Norton de Matos e António Feijó –, chegou o momento de voltar a publicar um número genérico. Embora os artigos ora publicados sejam essencialmente de carácter histórico e cultural, a revista pro­cura ser um incentivo à produção científica sobre Ponte de Lima nas mais variadas áreas do conheci­mento. Sintam-se, pois, convida­dos a publicarem os resultados das investigações sobre o concelho de Ponte de Lima nesta revista que é de todos e para todos. Como é habitual, agradeço aos autores que aceitaram o nosso desafio e que, desta forma, contribuem para a afirmação do limia­nismo. São este: António Barbosa, José Velho Dantas, Ana Lúcia Pe­reira Carneiro, Joana Rodrigues da Silva, Joana Rocha, Paula Se­queiros, Grécia Rodríguez Pinto, Leonardo de Albuquerque e João Gomes d’Abreu, este último com a recensão bibliográfica da obra “Narrativas” da minha vida, de Francisco Maia de Abreu de Lima. Ainda no decurso do presente ano de 2019 será apresentado mais um número desta revista, sempre com Ponte de Lima rumo ao futuro!
  • Vol. 4 (2018)

    Como sempre, a perseverança e o querer bem fazer trazem frutos que podemos classificar de enor­me excelência e, no presente caso, por se tratar de uma publicação periódica, melhor dizendo, uma revista que congrega estudos, ar­tigos e recensões bibliográficas de especial relevância para Ponte de Lima, não tenho qualquer dúvida que este quarto número espelha bem o subtítulo escolhido para a mesma: “do passado ao presente, rumo ao futuro”. Sempre vaticinei uma longa vida para esta publicação, na certeza que os responsáveis e todos os convidados a participar nunca vi­rariam as costas a essa nobre tare­fa que é a de engradecer e elevar o bom nome de Ponte de Lima. Desta vez, reúnem-se aqui um conjunto de artigos apresentados a propósito do programa evocativo dos 100 anos da morte de An­tónio Feijó, poeta maior da língua portuguesa e que orgulhosamente temos como um dos limianos que mais longe levaram o nome da nossa Terra, através das letras e da diplomacia. Trata-se de uma figura que conti­nuará a merecer as mais distintas homenagens e reconhecimentos, tal como sucedeu até agora, não se furtando nunca o Município de Ponte de Lima de glorificar tão alto nome, que se destaca sobre­maneira no contexto cultural pon­te-limense. Em nome do Município de Ponte de Lima, do Executivo Municipal que me honro de liderar e em meu nome pessoal, quero agradecer aos que contribuíram para mais um número de Ponte de Lima: do passado ao presente, rumo ao futuro: Marta Pacheco Pinto, Fá­tima Melo, João Araújo Pimenta, João Afonso Machado, Ana Car­neiro, Filipa de Arrochela Lobo, Agostinho Fernandes, José Cândi­do de Oliveira Martins e Cláudio Lima, os dois últimos através de recensões bibliográficas da obra de David F. Rodrigues com o títu­lo O Rosto. Finalizo com o repto aos respon­sáveis e futuros colaboradores para dentro do mais breve espaço de tempo termos mais um número desta preciosa revista, que se está a tornar uma referência no âmbito das publicações periódicas locais, regionais e nacionais.
  • Vol. 3 (2018)

    Há relativamente pouco tempo, quando escrevi uma breve apre­sentação para o número anterior da presente publicação, que cada vez mais se afirma no contexto de trabalhos congéneres dedicados a Ponte de Lima, como, em tempos, sucedeu com o Almanaque de Ponte de Lima e, mais tarde, com o Arquivo de Ponte de Lima, que deixaram marcas reconhecidas até aos dias de hoje, vaticinei um futuro promissor para a mesma, consciente da dedicação e do atu­rado trabalho que uma excelente equipa tem desenvolvido para al­cançar objectivos extremamente bem definidos à partida. Por isso, após se ter realizado uma notável reunião de académicos e estudiosos sobre a vida do General Norton de Matos, a propósito do 150.º Aniversário do Nascimento, mais precisamente a 25 de Março de 2017, a oportunidade de reunir muitos dos textos que resultaram das intervenções, palestras e co­municações proferidas na referida data não podia ser desperdiçada e podemos ter hoje nas nossas mãos um importante contributo para a memória e identidade de Ponte de Lima, sem esquecer a consequente relevância para a História e a Cultu­ra, a nível local, regional, nacional e internacional, tão notável é a bio­grafia do General Norton de Matos. Uma palavra muito especial de agradecimento, em meu nome e no do Município de Ponte de Lima, aos que participaram, com o seu saber e os resultados de ár­duas e morosas investigações, na cerimónia evocativa do 150.º Ani­versário do General Norton de Matos – Prof. Doutor Armando Malheiro da Silva, Prof. Doutor Sérgio Neto, Prof.ª Doutora Ma­ria Manuela Afonso da Fonte, Prof.ª Doutora Heloísa Paulo, Pro­f.ª Doutora Helena Pinto Janeiro e Dr. José Norton. Findo com a convicção de que não demorará muito tempo a ser apre­sentado o quarto número desta já prestigiada publicação que, na competente área de intervenção, em muito continuará a enobrecer o nome de Ponte de Lima.
  • Vol. 2 (2017)

    O sugestivo título dado à presen­te publicação, Ponte de Lima: do passado ao presente, rumo ao fu­turo!, obrigou, à partida, a uma enorme responsabilidade que está intrinsecamente ligada a revistas, pela periodicidade e obrigatorie­dade de manutenção de edições atempadas e oportunas, que vão de encontro à missão que lhe cor­responde no contexto extrema­mente exigente das publicações do Município de Ponte de Lima. Com uma equipa arrojada e res­ponsável, que encara os obstácu­los e dificuldades de forma animada e audaciosa, estávamos certos que este número 2 seria, quase no imediato, uma realidade, sobre­tudo por ir de encontro a um ob­jectivo muito nobre, a reunião de textos relacionados com as con­ferências comemorativas dos 250 Anos do Nascimento do Cardeal Saraiva, realizadas na Biblioteca Municipal em 2016. Cabem esses textos na abrangên­cia do título genérico da publica­ção, na certeza que os fundamentos do passado, à luz das nossas acções do quotidiano, podem ser essenciais na construção e desafio do futuro, pelos exemplos herda­dos, pela opção que temos de evi­tar repetir erros desnecessários, pelo valor que os seus ensinamen­tos e exemplos podem trazer às gerações futuras. Resta-me agradecer a todos os intervenientes na realização do trabalho, com uma menção muito especial aos autores dos artigos, o Prof. Doutor Luís António de Oli­veira Ramos, o Prof. Doutor Ge­raldo Coelho Dias, o Prof. Doutor António Barros Cardoso, o Prof. Doutor Telmo Verdelho e o Prof. Doutor Afonso Moreira da Rocha que, nas suas áreas de especializa­ção e com base nas competentes investigações, trouxeram achegas extremamente importantes para entendermos melhor esse enorme vulto da História Pátria que foi o Cardeal Saraiva. Findo com a certeza que a curto prazo teremos o grato prazer de apresentar mais um número des­ta revista, sempre com Ponte de Lima rumo ao futuro!
  • Vol. 1 (2017)

    Em pleno século XXI a publicação “Pon­te de Lima: do passado ao presente, rumo ao futuro” pretende dar ênfase a um passado milenar com um futuro pro­missor, traduzindo-se numa oportunida­de e num desafio cujo intuito é incentivar a produção de novo conhecimento sobre o concelho de Ponte de Lima, em particu­lar, e a região, em geral. Retoma-se, assim, a herança deixada pelos nossos ilustres antepassados nos Anais de Ponte de Lima, de Miguel Ro­que dos Reys Lemos, no Almanaque de Ponte de Lima, organizado por ilustres limianos e conceituados escritores e poe­tas da região cujo sentimento comum era o amor à terra natal – António de Ma­galhães, Conde de Bertiandos, Francisco de Abreu Maia, Padre Araújo Calheiros, Conde de Aurora, João Gomes de Abreu e António Ferreira – e, mais recentemen­te, no Arquivo de Ponte de Lima, de José Rosa Araújo. Esta iniciativa espera poder contar com uma participação ativa de todos aqueles que se interessam pela cultura limiana, no sentido mais amplo do termo, desde a gastronomia, aos usos e costumes, às tradições, às festividades, à arquitetura e arte, à fauna e flora, entre outros. Conforme referido por Jacques Le Goff “O passado é uma construção e uma reinterpretação constante e tem um futuro que é parte integrante e significativa da história”. Estamos certos que a qualidade cientí­fica dos autores e dos artigos apresenta­dos contribuirá, indubitavelmente, para elevar e afirmar a cultura e a identidade limiana enquanto fatores de integração, competitividade e desenvolvimento.